Porto Alegre recebe evento sobre arritmias cardíacas, doença responsável pela morte súbita de 320 mil brasileiros por ano

Com 208 milhões de pessoas, o Brasil constitui a quinta maior população do mundo. Mas uma estatística dentro deste universo populacional é particularmente preocupante e se refere aos 20 milhões de indivíduos portadores de arritmia cardíaca, doença que acomete qualquer faixa etária, até mesmo recém-nascidos, e causa a morte súbita cardíaca (MSC) de 320 mil brasileiros/ano segundo a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC).

Com a finalidade de reduzir estes índices de fatalidade, a Sociedade promove periodicamente eventos de atualização profissional em diversas regiões do país, sendo Porto Alegre a próxima cidade-sede, com uma intensa programação de palestras que ocorrem nos dias 28 e 29 de setembro.

“Ampliando o conhecimento médico também ampliamos a gama de profissionais habilitados a orientar e tratar a população portadora de arritmias cardíacas”, relata o presidente da SOBRAC, Dr. José Carlos Moura Jorge.

Entendendo as arritmias cardíacas

As arritmias são alterações elétricas do coração que modificam o ritmo de suas batidas, sendo comumente classificadas em taquicardia, quando o coração bate rápido demais, e bradicardia, quando as batidas são lentas. Elas ainda podem ocorrer em descompasso, oscilando nas diferentes pulsações.

A doença pode ocorrer sem sintomas, mas normalmente apresenta sensação da fadiga constante, tonteira ou pontadas no peito, fraqueza e até desmaios repentinos, que podem se intensificar em situações de estresse físico ou emocional. Inclusive, esse fato explica os desmaios ou paradas cardíacas durante as atividades físicas em academias, jogos de futebol, corridas, entre outros.

O tratamento da doença varia de acordo com o tipo de arritmia e grau de acometimento, mas de forma geral envolve medicamentos antiarrítmicos e procedimentos cirúrgicos.

“A maioria das arritmias tem fácil controle quando orientada por um cardiologista especialista na doença e o paciente adere corretamente às terapias indicadas”, explica o Dr. Carlos Abunader Kalil, coordenador do evento que fará uma apresentação abordando a relação da atividade física com a morte súbita.

Outro destaque da programação é a mesa “Fibrilação atrial e insuficiência cardíaca: o que há de novo?”, apresentada pelo presidente da Sociedade, Dr. José Carlos Moura Jorge. “Queremos discutir como orientar os pacientes em relação aos tratamentos e alinhar sobre a importância da prevenção. Vale lembrar que a Fibrilação acomete a mais de 33 milhões de pessoas no mundo todo, com prevalência na terceira idade”, pontua o especialista.

O evento ocorre no Centro Histórico e Cultura Santa Casa de Porto Alegre e a programação completa pode ser acessada em http://bit.ly/precon-porto-alegre.

Para saber mais, clique aqui e descubra Mitos e verdades sobre a arritmia cardíaca.

 Ficha Técnica do evento:

Nome do evento: PrECon Internacional de Porto Alegre

Data: 28 e 29 de setembro de 2018

Local: Centro Histórico e Cultural Santa Casa, Porto Alegre (RS)

Inscrições: http://bit.ly/precon-porto-alegre

 

Compartilhe:
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinFacebooktwittergoogle_pluslinkedin